Notícias

Maringá Futebol Clube convoca coletiva de imprensa para anunciar o planejamento para a sequência do ano

13/06/2018 15:22

Na pauta, estará a rescisão de contratos de alguns atletas, o planejamento de marketing, adminstrativo e de ações sociais da equipe durante o período sem competição

 

O Maringá Futebol Clube não disputará mais nenhum campeonato profissional em 2018, mas o clube não para. Com aproximadamente cinco meses sem atividades em campo, o tricolor encerrou o contrato com a maioria dos jogadores que defendeu o clube em 2018, no entanto, alguns atletas permanecem. Além do futebol fora das quatro linhas o time irá realizar ações sociais e de marketing na cidade, além de iniciar o planejamento para a temporada 2019, quando irá disputar o Campeonato Paranaense e o Campeonato Brasileiro Série D.

Para divulgar os próximos passos em 2018 e início de 2019, a diretoria tricolor convocou uma coletiva de imprensa para a próxima sexta-feira (15), ás 09h00, no Centro de Treinamento do Clube. Participará da entrevista, o diretor de futebol, Paulo Regini, para fazer um balanço do ano, falar sobre o planejamento do futebol nesse período inativo, contratações e dispensas. O diretor administrativo financeiro, Clério Júnior, também irá participar, ficando responsável por outros assuntos.

Embora a eliminação na Série D tenha ocorrido, o bom trabalho dentro de campo foi reconhecido e vários atletas receberam sondagens de equipes das séries B e C. Um exemplo é o Atacante Bruno Batata, que foi artilheiro do tricolor na temporada com 11 gols e, logo após a participação do time na competição nacional, recebeu várias propostas para atuar em outras equipes do futebol nacional. Como o tricolor não irá disputar mais nenhuma competição neste ano, liberou o atleta.

“Como há uma grande demanda da imprensa sobre os assuntos relacionados a sequencia do time, resolvemos realizar essa coletiva e esclarecer todas as dúvidas. A semana está sendo de acertos, reuniões e planejamentos, então esperamos ter algumas definições para podermos anunciar ao público”, explicou o diretor de futebol Paulo Regini.

Por assessoria de imprensa.

 

 

Voltar