Notícias

Em coletiva de imprensa, Maringá FC anuncia ações para a sequência de 2018

15/06/2018 13:44

 

Alguns atletas permanecem no tricolor e outros tiveram seus contratos rescindidos

 

O Maringá Futebol Clube realizou uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (15), no centro de treinamento do clube, para anunciar os próximos passos do tricolor em 2018 e início de 2019. Participaram da entrevista o diretor de futebol, Paulo Regini e o diretor administrativo financeiro, Clério Júnior.

Inicialmente os diretores elogiaram as campanhas realizadas desde o início da nova gestão (final de 2016), período em que o Maringá conquistou a segunda divisão do Campeonato Paranaense e o título da Taça FPF em 2017 e ficou na quinta colocação geral do Campeonato Paranaense e passou para a segunda fase da Série D em 2018. Mesmo com o sonho do acesso para a Série C nacional, o time se planejou para todas as possibilidades.

“Trabalhamos com planejamento em todas as possibilidades, tanto com o acesso, que era nosso objetivo, quanto com uma desclassificação antecipada. A rescisão dos contratos dos atletas, quitação das dívidas e manter o clube em atividade fora de campo nesse período, já estavam previsto, mesmo se chegássemos à final, que seria no dia 6 de agosto”, explicou Clério Júnior.

Os atletas Luan, Júnior Prego, Borges, João Pedro, Chimbinha, Dandan, Everton e Lélo permanecem no Maringá Futebol Clube. Os demais jogadores tiveram seus contratos rescindidos por falta de competição. “Infelizmente o calendário não nos deixa manter contratos com todos os atletas que temos interesse para o ano que vêm. De qualquer forma, no período em que iniciarmos as contratações, os contatos serão refeitos. Tenho certeza que se a inscrição para a Série C não acabasse hoje, vários jogadores seriam contratados por outras equipes para essa temporada por causa do bom trabalho que fizeram aqui”, disse Paulo Regini.

Sobre a comissão técnica, os diretores confirmaram que já estão em negociação para a permanência do técnico Fernando Marchiori, no entanto, a resposta deve ocorrer nos próximos dias. “Queremos contar com o Fernando para o ano que vem, já estamos em negociação e nos próximos dias teremos a definição”, finalizou Regini.

A previsão é de que o time inicie a pré-temporada para a temporada 2019 em novembro deste ano, já com todo o elenco disponível.

Fora das quatro linhas, o tricolor também planeja realizar algumas ações como explicou o diretor financeiro. “Estamos com um cronograma de atividades durante esse período sem competição profissional, como a realização de vários workshops de diversos assuntos voltados ao esporte, a campanha do novo mascote, do novo uniforme e ações sociais com a comunidade. Tudo isso também pensando nas entregas comerciais aos nossos patrocinadores, que possuem contratos anuais com o clube”, finalizou Júnior.

Outro assunto abordado foi a quitação das dividas das gestões anteriores e a criação de uma empresa privada para administrar o tricolor. Essa empresa será uma S.A, detentora do direito de explorar a marca Maringá Futebol Clube. Ela será formada pelos atuais investidores com possibilidades de entradas de novos investidores.

Por enquanto as atividades em campo no Maringá Futebol Clube ficam por conta das categorias de base sub-15, sub-17 e sub-19, que estão disputando o Campeonato Paranaense.

 

Por assessoria de imprensa

 

 

 

Voltar