Notícias

Maringá Futebol Clube goleia a Portuguesa Londrinense fora de casa

26/03/2017 21:10

Tricolor faz bonito na terceira rodada da divisão de acesso do Paranaense e vence a lusinha por 4 a 0 no Estádio do Café

Em jogo válido pela terceira rodada da divisão de acesso do Campeonato Paranaense, o Maringá Futebol Clube fez bonito e goleou a Portuguesa Londrinense por 4 a 0 jogando no Estádio do Café na tarde deste domingo, 26. Com a vitória o tricolor maringaense assume a terceira posição na classificação com sete pontos ganhos.

Após empatar sem gols na primeira rodada com o Paranavaí e vencer o Cascavel por 1 a 0 no segundo jogo, o time comandado pelo invicto Fernando Marchiori, jogou bonito e agradou o grupo de torcedores do Maringá que foram até Londrina acompanhar a partida. Os gols foram marcados por Prego, no primeiro minuto de jogo, Marco Aurélio aos 11 após substituir Chiquinho que saiu por lesão e dois do centroavante Lélo, aos 40 do primeiro tempo e aos 16 do segundo, respectivamente.

“Fizemos um excelente jogo, onde nossa proposta foi colocada em prática. Queríamos um gol no começo, claro que não esperávamos que fosse ao primeiro minuto, mas isso ajudou bastante e conseguimos nos impor diante do adversário. Mesmo com muitas alterações por conta de lesões estamos conseguindo colocar nosso ritmo nos jogos. O primeiro tempo foi só nosso, abrimos 3 a 0 e depois apenas administramos com a posse de bola. O quarto gol saiu de uma boa jogada trabalhada e poderíamos até ter feito mais”, explicou o técnico Fernando Marchiori que, desde sua primeira passagem no comando do tricolor em 2015 acumula 20 jogos de invencibilidade.

O Jogo

A partida não poderia ter começado melhor para o Maringá Futebol Clube. Logo no primeiro ataque do tricolor, Prego, que estreava como titular empurrou para as redes após cobrança de escanteio de Paulo Morais. Com o gol no primeiro minuto a lusinha se assustou e não conseguiu jogar, trazendo o Maringá ainda mais para seu campo de defesa. Em um ataque rápido pela esquerda, o lateral Chiquinho acabou sofrendo uma lesão na panturrilha e foi substituído por Marco Aurélio, um dos destaques do Maringá na pré-temporada, mas que não vinha atuando por conta de uma lesão muscular na semana da estreia na competição. Com a alteração, Prego que atuava como meia voltou para sua posição de origem, lateral esquerda e Marco assumiu seu lugar. Não demorou muito para o destaque do tricolor na preparação mandar seu cartão de visita.  Após bate e rebate na área, Marco só teve o trabalho de empurrar para a rede. Maringá 2 a 0 com 10 minutos de jogo.

O resultado fez o time da cidade canção diminuir a intensidade, mas continuando com domínio total da partida. Aos 40 minutos da etapa inicial veio o terceiro gol depois de uma arrancada espetacular de Prego pela esquerda e cruzamento na medida para Lélo marcar seu primeiro gol com a camisa do Maringá.

O segundo tempo foi menos intenso e o jogo ficou mais morno, mesmo assim o Tricolor desperdiçou pelo menos três chances claras antes do Lélo fechar o marcador após bela assistência de Léo Maringá. “Fomos felizes no jogo de hoje, fiquei de fora das duas primeiras partidas na competição, mas entrei no comecinho hoje e pude ajudar meus companheiros com o segundo gol. Todos estão de parabéns pela partida. Agora já temos que nos recuperar e pensar no jogo diante do Apucarana em casa nesta quarta”, disse o meia tricolor, Marco Aurélio.

O Maringá volta a campo na próxima quarta-feira, 29, às 20h00 no Estádio Willie Davids diante do Apucarana.

 

Marco Aurélio ficou de fora das duas primeiras rodadas, entrou aos seis minutos e foi o autor do segundo gol - Foto: Rodrigo Araújo

 

Ficha técnica

Maringá Futebol Clube

Dhiemison, Danilo, Anderson, Egon, Chiquinho (Marco Aurélio), William Leandro, Léo Maringá, Prego (Rhuan), Andrezinho (Maikinho), Paulo Morais e Lélo.

Técnico: Fernando Marchiori

Gols: 1’ Prego, 11’ Marco Aurelio, 40’ Lélo e 16’ Lélo.

Cartões: William Leandro e Egon (amarelo)

 

Portuguesa Londrinense

Thalisson, Wendel, Black, João Pedro (Moura) e Tutu (Bahia), Bruno, Alemão, Gabriel, Davi, Everton (Tuche), Carioca e João Marcus.

Técnico: Walber Knário

Cartões: Bruno Alemão

 

Público e renda: 63 Pagantes / 83 Total / Renda: R$ 710,00

 

Por Assessoria de Imprensa

 

 

 

Voltar