Notícias

Maringá faz bonito em casa e vence Cascavel por 2 a 0

15/05/2017 00:00

Com quase duas mil pessoas no WD, tricolor domina o jogo e fica mais próximo do acesso

 

Na noite deste domingo, 14, o Maringá FC recebeu o Cascavel CR em jogo válido pela quarta rodada da segunda fase da Divisão de Acesso do Paranaense e venceu por 2 a 0. O jogo ocorreu no estádio Regional Willie Davids e os gols foram marcados por Danilo Mohamed e Everton. Com a vitória, o tricolor continua na liderança do Grupo B com 10 pontos.

A partida marcou a estreia do atacante Everton Charal, que entrou no intervalo e foi o autor do segundo gol do Maringá. “Fiquei feliz em entrar e ajudar a equipe com um gol. Estou muito feliz e com certeza essa vitória foi muito importante para continuarmos na liderança do Grupo B e continuar na briga pelo nosso objetivo”, explicou o camisa 20 do tricolor.

Além do atleta, quem também estreou foi o novo patrocinador master do Maringá, Sferrie Água Mineral. A empresa estampará sua marca na parte frontal da camisa tricolor nesta reta final da competição. 

O primeiro tempo foi mais equilibrado, mas as melhores chances foram dos comandados de Fernando Marchiori. Enfrentando um time bem postado, o Maringá desperdiçou as poucas chances que teve para abrir o placar. Já o Cascavel explorava os contra ataques, mas sem efetividade. Na segunda etapa, o treinador maringaense promoveu a entrada de Everton no lugar de Maikinho. O time ficou mais ofensivo e chegava com mais perigo, até que aos 10 minutos, Danilo Mohamed fez boa jogada individual pela direita, bateu cruzado e após desvio do zagueiro adversário a bola foi parar no fundo da rede.

O segundo gol não demorou muito para sair e, seis minutos depois, após uma bela assistência de Prego, Everton empurrou para o gol, fechando o placar. O tricolor ainda teve duas boas chances de gol, uma em cobrança de falta de Andrezinho e outra em um cabeceio de Paulo Morais. O Cascavel CR Voltou a atacar, após expulsão do zagueiro Egon. Segundo o quarto árbitro, o zagueiro agrediu o jogador do adversário. Fato negado pelo camisa quatro do Maringá e constatado nas imagens MFC TV que não houve nenhuma agressão.