Notícias

Maringá Futebol Clube goleia Paranavaí na estreia da Taça FPF

06/08/2017 19:35

Com três gols de Alef Manga e um de Dandan, tricolor faz 4 a 1 no vermelhinho

 

O Maringá Futebol Clube começou com o pé direito sua caminhada em busca do bicampeonato da Taça Federação Paranaense de Futebol. Na manhã deste domingo, 6, em partida válida pela primeira rodada da competição, no Estádio Regional Willie Davids em Maringá, o tricolor venceu o Atlético Clube Paranavaí por 4 a 1 com três gols de Alef Manga e um de Dandan.

O jogo não começou como o tricolor queria, pois logo aos sete minutos o vermelhinho surpreendeu e, em um contra-ataque, abriu o placar do jogo com Chimbinha. Mesmo com mais posse de bola e dominando a partida, o Maringá não conseguia furar a defesa adversária. O time teve duas boas oportunidades, a primeira com Everton, após boa jogada de Dandan pela esquerda, mas a bola parou na trave. A outra boa chance foi com o camisa nove, Alef. Em escanteio cobrado por Júnior Alves, o atacante cabeceou para a rede, mas o árbitro Murilo Klein assinalou que a bola havia saído na cobrança.

A pressão tricolor aumentou e só aos 37 minutos a rede balançou para valer, Alef, o “cara do jogo” recebeu na entrada da área, girou em cima da zaga e bateu forte no canto direito sem chances para o goleiro atleticano. Com o gol o Maringá continuou pressionando e a virada não demorou muito. De novo ele, Alef, aos 43 minutos recebeu de Júnior Alves na pequena área e, de primeira marcou seu segundo gol no jogo.

Alef Manga marcou três vezes na goleada do tricolor em cima do ACP - Foto: Rodrigo Araújo

Na segunda etapa o panorama do jogo não mudou, continuava o Maringá atacando e o ACP se defendendo e explorando os contra ataques. Aos oito minutos o tricolor ampliou com Dandan, o atacante bateu forte da entrada da grande área, a bola desviou e acabou enganando o goleiro Romero. Sem a pressão da vitória e com dois gols de vantagem o Maringá administrou o resultado e conseguiu envolver o adversário no toque de bola e invertidas rápidas de bola.

Dandan fez o terceiro gol do tricolor na goleada - Foto: Rodrigo Araújo

O quarto gol saiu aos 34 minutos da etapa final, de novo com o artilheiro Alef. Após sofrer pênalti, ele mesmo bateu e converteu. O placar poderia ter sido ainda maior se não fosse um gol mal anulado pela assistente Denise Akemi. O atacante Lucão, que entrou no segundo tempo no lugar de Everton bateu forte e Alef, no rebote e em posição legal, colocou para dentro, mas o gol foi anulado.

Com a vitória o tricolor garante a primeira colocação da competição e agora volta a jogar no próximo domingo, 13, diante do Andraus na casa do adversário. “Fizemos um bom jogo, tivemos a infelicidade de tomar um gol no contra ataque no começo, mas com paciência conseguimos reverter e fazer um bom saldo na competição. Fico feliz pelos três gols e espero poder continuar ajudando o Maringá para conquistarmos essa vaga para a Série D do ano que vem” disse o artilheiro do dia, Alef Manga.

Para o treinador Fernando Marchiori, a equipe teve paciência e soube aproveitar bem as chances que teve no jogo. “Saímos em desvantagem mas tivemos tranquilidade e inteligência para reverter o placar. A equipe do Paranavaí é muito competitiva e se não tivéssemos aproveitado as chances criadas, com certeza seria um jogo mais complicado. Agora temos que trabalhar a semana, corrigir os erros que apresentamos e buscar um bom resultado fora de casa no próximo domingo diante do Andraus” completou Marchiori.

 

Ficha técnica 

Maringá FC: Júnior, Danilo Mohamed, Diogo, Pedrão (Gilberto), Prego, Canário, Júnior Alves, Pacato, Everton (Lucão), Dandan (Jardiel) e Alef Manga.

Técnico: Fernando Marchiori

 

Paranavaí: Romero, Luan Santos, Mateus, Neto, Davi (Maycon), Luan, Luis Eduardo, Brenno, Jackson, Fellipe e Chimbinha.

Técnico: Chicletão

 

Gols: Chimbinha 7’ 1 T (Paranavaí), Alef Manga 37’ 1T / 43’ 1T / 34’ 2T e Dandan 8’ 2T (Maringá FC).

Cartões: Jackson (ACP), Canário e Júnior Alves (Maringá FC) – Amarelo

Árbitro: Murilo Ugolin Klein

 

Assistentes: Wagner Unior Bonfim e Denise Akemi

4º Árbitro: Gueller Castro

 

Público Total: 420 pessoas

Renda: R$ 8.340,00

Voltar